Concerto de MPB - Música Popular Brasileira, com Edson Fox - Parceiro 3ª Feira da Diversidade
Concerto de MPB – Música Popular Brasileira
Outubro 8, 2019
Oficina Inforural, com Caixa de Mitos - Parceiro 3ª Feira da Diversidade
Reportagem sobre a Feira da Diversidade na AGRI MAGAZINE
Janeiro 17, 2020

Avaliação da 3ª Edição da Feira da Diversidade (2019)

A 3ª Edição da Feira da Diversidade realizou-se nos dias 9 (antestreia), 10, 11 e 12 de Outubro de 2019, em Cascais.


A Feira da Diversidade 2019, tal como no ano anterior, foi organizada pela CAMPINTEGRA - Associação para o Desenvolvimento Social e Ambiental (IPSS - Instituição Particular de Solidariedade Social), em parceria com a ACÁCIA - Associação para a Cooperação Internacional com África (ONGD - Organização Não-Governamental para o Desenvolvimento).


Foi com muita satisfação que a 3ª edição da Feira da Diversidade se concretizou no recinto da FIARTIL, que dispõe das condições ideais e necessárias para o sucesso do evento. O apoio da Câmara Municipal de Cascais, das Empresas Municipais Cascais Dinâmica e Cascais Próxima foram determinantes para a sua realização, assim como os apoios das empresas LabCal, CNE, Pass Música e DUALINFOR para os quais dirigimos os nossos agradecimentos.


A antestreia realizou-se no dia 9 de Outubro, com dois concertos que sensibilizaram a comunidade para a importância da conservação das florestas. A abertura do evento foi no dia 10 de Outubro - Dia Internacional da Saúde Mental, cuja celebração foi assinalada, pela Organização e Parceiros, com um Programa de 3 dias, com 80 atividades gratuitas e abertas a toda a comunidade.


Participaram 104 parceiros pela Diversidade, estiveram representadas 15 nações e 3 Redes de Organizações: Carta Portuguesa para a Diversidade, Rede RSO PT - Rede Portuguesa de Responsabilidade Social e o Fórum Concelhio para a Promoção da Saúde, que consideramos muito positivo, uma vez que o evento foi organizado em 40 dias após confirmação da disponibilidade do recinto.

 
 

Como aspectos positivos, diversas vezes referidos, salientamos a relação com os Parceiros, o formato do evento e o sentido de comunidade da Feira da Diversidade. Para reforçar esse sentido de identidade, a Feira da Diversidade tem presença online, multi-plataforma, que apresenta o evento e os seus objectivos, assim como os parceiros.


O espírito colaborativo dos Parceiros permitiu a sustentabilidade do evento, elevar a qualidade e captar receitas para apoiar a recuperação das instalações da Residência de Treino de Autonomia, situada em Cascais, destinada às pessoas com reduzido ou moderado grau de incapacidade psicossocial resultante de doença mental; bem como o apoio a projetos sociais em Moçambique, nomeadamente para as vítimas do Ciclone Idai.


Os aspectos menos positivos, apontados pelos Parceiros, relacionam-se, sobretudo, com um número de visitantes inferior ao esperado, o que nos leva a concluir que, apesar do grande esforço realizado, teremos de melhorar o processo de comunicação e marketing, utilizando mais canais e publicidade paga. Também se reflecte, na avaliação dos Parceiros, o impacto negativo resultante do atraso na obtenção da autorização para a isenção do Licenciamento Zero (restauração), que dificultou, pela incerteza, a segurança na comunicação/divulgação do evento, por parte da Organização, nos media (Televisão, Rádio e Jornais Regionais) e, também, no foco/tempo necessário para captar mais apoios, imprescindíveis para o impulso positivo que se pretende atribuir às causas sociais supra-mencionadas.


Neste sentido, a Organização reuniu com os Parceiros mais prejudicados, individualmente, para partilhar responsabilidades e recursos, de forma a minimizar os impactos negativos, materializada através da redução das suas comparticipações, com impacto negativo nas receitas. Em diálogo com os Parceiros, também se considerou importante constituir, no futuro, uma comissão de representantes dos diferentes sectores que integram o formato da Feira da Diversidade, para apoiar a Organização na tomada de decisão, em consenso, através da auscultação atempada de sugestões, expectativas e necessidades.

 
 

Em resumo, foi uma excelente experiência, a maior e melhor edição realizada da Feira da Diversidade até ao presente, para a qual contribuiu o apoio e sensibilidade social da Câmara Municipal de Cascais. Procuramos, sempre, retribuir o apoio/solidariedade dos Parceiros com qualidade, honestidade e diversidade. Estamos muito gratos pela sua concretização, pela confiança dos Parceiros, pela oportunidade de estarmos mais próximos e criarmos valor para a comunidade, de forma socialmente responsável.